(11)

(11)

Placas de Sinalização

Gostou? compartilhe!

As placas de sinalização são produtos simples e econômicos, mas muito importantes para indústrias e ambientes movimentados. Sua instalação estratégica pode ser determinante durante um incêndio ou outro tipo de sinistro.

O segmento oferece diferentes placas que indicam a saída de emergência. É possível encontrar o modelo ideal para cada espaço. A escolha depende da direção de cada evacuação.

Entre os modelos mais comuns, o cliente consegue encontrar: saída de emergência à frente, abaixo, à esquerda, à direta. Também existem opções específicas para as saídas adaptadas aos cadeirantes.

Diferentes modelos de placas de sinalização

A principal função desse tipo de placa é orientar os usuários em caso de emergência. São esses avisos que tornam a evacuação mais segura e impedem uma série de acidentes e vítimas.

O principal objetivo dessa placa é transmitir uma mensagem de segurança, seja a indicação de uma rota de fuga, a localização de um extintor ou uma saída de emergência. A melhor alternativa é instalar essa placa nos ambientes com grande aglomerado de pessoas e nos corredores. Também é indicado colocar mais de um aviso em espaços maiores.

O mais importante é que ela seja clara, direta e de fácil visualização. Vale lembrar que a presença de luminescência é um pré-requisito para esse produto.

A confecção dessa placa deve seguir todas as exigências previstas na NBR 13434-3. Ela determina as características técnicas obrigatórias desse produto e visa garantir a alta qualidade desse item.

Para se destacar no ambiente, esse tipo de placa ainda conta com uma coloração forte e tem tecnologia fotoluminescente, o que permite que ela possa ser vista mesmo no escuro.

Vale lembrar que o mercado vende diferentes extintores. É possível encontrar o modelo tradicional, de água, CO2 e pó químico. Por isso, antes de comprar a placa de sinalização para o extintor, é fundamental verificar qual equipamento é usado naquele espaço.

Indicar corretamente o tipo de extintor é crucial para evitar a propagação das chamas. O modelo com gás carbônico, por exemplo, só deve ser usado contra substâncias inflamáveis e em redes elétricas. Para tirar dúvidas e solicitar orçamentos, basta fazer contato!