menu

Central de Alarmes de Incêndio

A central de alarmes de incêndio pode ser do modelo convencional e que tem autonomia superior a 24 horas. Em regime de alarme, a autonomia é de cerca de 15 minutos. Trata-se de um equipamento essencial em um sistema de identificação de focos de incêndio, em sua fase inicial.

Requisito fundamental de segurança para empreendimentos de vários portes, como edifícios, empresas, prédios comerciais e indústrias, a central de alarmes funciona como um alerta de identificação de incêndio, provendo tempo hábil para a retirada das pessoas da área e para o controle do foco. O sistema é inteligente e conta com tecnologia de ponta, com extrema precisão e confiabilidade em seu funcionamento.

Saiba onde encontrar os melhores modelos de central de alarmes de incêndio

O modelo endereçável permite o endereçamento de até 125 localidades. O display é multi color, o equipamento é muito fácil de ser manuseado e tem o objetivo de apontar para o operador, responsável pelo monitoramento, de qual detector está vindo o aviso de algum tipo de problema ou fumaça. Assim, as equipes da brigada podem ser direcionadas para o local exato do foco, agindo mais rapidamente e evitando estragos maiores.

O risco de incêndio e o método de combate e controle das chamas são muito diferentes de ambientes industriais para espaços residenciais, por exemplo. Além disso, merecem atenção especial ambientes nos quais é comum o uso de combustível, já que o risco de explosão e fogo nestes espaços é muito maior.

Além da central convencional e endereçável, alguns outros equipamentos são essenciais para compor um sistema de alarme eficiente, para avisar a todos sobre o perigo. Por isso, os detectores de fumaça padrão NBR 9441 integram o conjunto.

Para emitir o alarme sonoro e visual, também são necessárias sirenes específicas. O sistema ainda pode precisar de acionadores e botoeiras, para serem ativados por um operador. Saiba mais agora mesmo com contato com o fornecedor!